Logo Memorial Logo Memorial Logo Memorial

Comoção coletiva: o que é e porque acontece

11/04/2019

Imagem - Comoção coletiva: o que é e porque acontece
Volta e meia nos deparamos com situações que achávamos impossíveis de acontecer. Algumas tristes, outras felizes, mas que fazem surgir em grande parte das pessoas um sentimento comum. Um nome que se dá a essa sensação comum que várias pessoas sentem no mesmo período de tempo é comoção coletiva, e a ciência já formulou algumas teorias do porquê de isso acontecer:  

Sentimento de empatia

Por mais que às vezes possa parecer que o mundo caminha para uma direção cada vez mais fria nas relações, ainda há muito de empatia nas pessoas - até mesmo inconscientemente. Apesar de cada pessoa levar uma vida diferente das outras, existem medos, prazeres e desejos que, para não dizermos que são universais, são recorrentes em grande parcela da população mundial. O medo da morte, a tristeza de perder alguém querido, a felicidade do amor, a satisfação de uma conquista - esses são apenas alguns exemplos que nos conectam. Quando vemos alguém passando por uma situação que já passamos ou que imaginamos passar um dia, nos colocamos no lugar da pessoa e acabamos tendo empatia por ela.  

Tendência à imitação

Outro fator recorrente nos seres humanos é o fator à imitação. Você pode comprovar essa tendência em situações corriqueiras, como por exemplo, em um restaurante: numa roda de amigos prestes a escolher o que vão pedir, a tendência é que se repita o pedido da primeira pessoa que falar. Se ela pedir um refrigerante, por exemplo, há grandes chances que as demais pessoas também peçam refrigerantes como bebida. Essa tendência se reflete também nos acontecimentos que geram comoção coletiva, pois através da imitação de comportamento temos uma sensação inconsciente de pertencimento a um grupo.  

Alcance da mídia

Os pontos citados acima podem ficar ainda mais intensos devido à época atual na qual vivemos, onde há uma enorme quantidade de informação passando velozmente por nossas vidas - seja na TV ou na internet. Isso faz com que acontecimentos no mundo inteiro - cujo conhecimento nós não teríamos devido à distância física - nos alcancem e nos façam sentir algo. É o caso de acontecimentos como as quebras das barragens de Mariana e Brumadinho, o tiroteio na escola de Suzano e outros, que causaram comoção coletiva não apenas no Brasil.  

Popularidade

A comoção coletiva também acontece quando há alguma ocorrência com pessoas famosas, por exemplo. A popularidade e o reconhecimento prévio que temos dessas pessoas nos fazem sentir algo - seja o filho novo de uma atriz querida pelo público ou a morte de um músico que embalou gerações. A comoção coletiva é o resultado de todo o processo evolutivo nosso até agora, e por isso não há nada de errado em ter sentimentos iguais aos de outras pessoas. Como são ações inconscientes, não devemos nos preocupar se estamos tristes porque alguém famoso morreu, por exemplo, e nem julgar que esteja sentindo isso. A comoção coletiva mostra que temos muita empatia e sensação de pertencimento nos dias de hoje, provando o quão bons nós somos e que sempre podemos nos tornar melhores!

Compartilhe

Leia Também

2019-04-03 17:55:35

Por que é importante planejar a compra de um jazigo

2019-04-15 10:10:50

O luto durante o feriado de Páscoa